um lugar diferente

24 02 2008

O Japao é um país diferente.

Ou não é?

É isto o que David Pilling discute aqui.

E muitas coisas que ele menciona são familiares pra qualquer pessoa que tenha vivido no Japão.

I grappled too with a language that, in every way, seemed back to front and set with social landmines. I wondered at people’s obsessive punctuality, politeness, cleanliness and the absolute seriousness with which they conducted every activity. I struggled to make anything but polite acquaintances, or even to make eye contact in the street.

I was told almost daily by Japanese acquaintances that it was “difficult for westerners to understand Japan”.

There is one habit of the Japanese, Kinmonth suggests, that might help explain the obsession with their supposed uniqueness. “The Japanese have a tendency to codify experience. They are more self-conscious,” he says. “It is easy to confuse this codification with the actual level of difference.”

 

Morar num lugar assim tão diferente muda sua visão de mundo. Na época em que eu saí de lá – cinco anos depois de chegar – eu não tinha idéia de como.

 


Ações

Information

One response

28 02 2008
dani

berudade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: