blogs acadêmicos

17 10 2008

Uma coisa que tem me atraído ultimamente são os blogs acadêmicos. Jornalistas e acadêmicos adoram descer o sarrafo na blogosfera, dizendo que não se trata de fonte confiável. De fato, blogs são 99% abobrinha porque ninguém está nem aí para as credenciais de quem posta. Qualquer um pode dizer qualquer coisa, de qualquer jeito, sobre qualquer assunto.

E música é um chamariz para esse tipo de blogueiro, wannabe jornalista ou crítico musical. Simplesmente porque todo mundo tem sempre alguma coisa (quase sempre furada) a dizer sobre música. Não estou falando da sua opinião sobre esta ou aquela música, que, é verdade, tem que ser uma coisa que só diz respeito a você. Se você diz que não gosta daquele cara, não tem que dar satisfação a ninguém. Todo mundo tem o direito de dizer o que acha de qualquer música.

Nem estou falando de fatos históricos ou se Schumann morreu de sífilis ou não. Aliás, já percebeu que quando alguém não tem muito o que dizer sobre a música, que é mesmo um negocinho difícil de se escrever a respeito, boataria e fofoca sobre a vida do músico é coisa das que mais atraem. E olha, mesmo que o boato seja sobre Charlie Parker ou Stockhausen, teu artigo não vai soar mais inteligente por isso. Principalmente em dias de wikipedia, onde todas estas anedotas aparecem primeiro.

Isso tudo eu engulo. O que não desce é quando o sujeito takes himself very seriuosly e se mete a fazer uma análise ou a relacionar fatos que não têm nada a ver um com o outro ou ainda — uma coisa irritante — dizer que “acha Mozart um lixo” por isso e por aquilo. Mozart não é um lixo, querido. Nunca vai ser. Nem se você escrever isso em negrito e em fonte 18. Você pode não gostar, direito seu. Mas dizer que não presta é tontice sua.

Chato também é ter que ler que ele acha retardado quem ouve esse tipo de música ou não ouve aquele. Arrogante da tua parte sair por aí dizendo qual é a melhor música do mundo e chamando de idiota quem não concorda.

Os blogs acadêmicos são blogs de pessoas que estão envolvidas com academia — como estudantes de doutorado e professores. Gente que gosta de escrever sobre o que estuda. Especulação e tiro no escuro também fazem parte das conversas nesses blogs. Mas a diferença está na linguagem: ninguém vende opinião pessoal como verdade imutável. E ninguém especula ou sai por aí escrevendo besteiras porque, fora do Brasil, bons livros sobre música são mais abundantes, mais baratos e mais lidos.

Agora, acho que é difícil escrever de maneira interessante sobre um assunto com o qual você lida o tempo todo. Simplesmente porque depois de um certo tempo você perde a perspectiva de quem está de fora e passa a usar um vocabulário muito específico que só outros especialistas entendem. Vira uma chatice só pra quem não faz parte do grupo.

Mas isso não domina toda a academia, cuja razão de existir é o ensino. Um especialista tem por obrigação saber como falar da sua especialidade em vários níveis. E há gente talentosa, apaixonada pelo que faz, que consegue falar de coisas complicadas de um jeito divertido. Aliás, com exceção de direito — que é, está provado, a coisa mais chata do universo, — qualquer coisa pode ser ensinada com humor.

Meus blogs acadêmicos favoritos são, claro, aqueles dedicados à música, principalmente “Dial M for musicology” e “The Rambler”, “Wayne&Wax” e “People Listen to It”.

E como não existe mérito nenhum em fanatismo, fala-se, sim, de outras coisas que não música.

Enfim, só queria te dizer que tem muita gente que entende do assunto blogando sobre música de um jeito gostoso de ler. Mas não no Brasil.


Ações

Information

One response

14 12 2008
Flávio

Olá pessoal! Parabéns pelo blog. Está muito legal.

ATENÇÃO!

Meu nome é Flávio Sacramento sou estudante de jornalismo e estou com um blog chamado papo acadêmico onde os estudantes de diversas disciplinas vão poder da a sua opinião sobre diversos temas acadêmico e logo depois poderão saber se a sua opinião está de acordo com a do mestre.

Para que eu possa dar continuidade a esse trabalho preciso que vocês entre no http://www.papoacademico.wordpress.com e deixem nos comentários quais os temas que vocês gostariam que fossem abordados! Abraços.

Aguado a sua participação!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: